segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Adenda ao post anterior

Só agora reparei que já é segunda-feira...

Trabalho

"O trabalho enobrece a alma"

Não faço ideia a quem pertence esta frase. Que o trabalho enobreça ainda vá mas trabalhar ao domingo não me faz sentir nada nobre. Embora até esteja aqui para ajudar a melhorar a vida das pessoas principalmente no que diz respeito à saúde. Bom, pensando bem, talvez o autor daquele frase até esteja certo...

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Pára arranca, pára arranca...

Eu já não gosto muito de conduzir mas é uma boa maneira de me deslocar por isso lá vou dando um jeito. Mas o que eu detesto mesmo é estar num engarrafamento, o pára arranca dá cabo de mim! Se viessem buscar de helicóptero é que era bom. Não há por aí ninguém para passar por aqui? Dava-me um jeitão.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Cada vez mais... é possível ser feliz...

Durante a minha viagem aos Estados Unidos, fiz uma viagem de ferry boat de Manhattan até Staten Island. A dada altura encostei-me à amurada do barco e olhei para a cidade...

segui com o olhar o rasto que o ferry deixava na água. Fiquei ali só eu, o céu, o rio e Manhattan ao fundo. Naquelas águas vi, de relance, a minha vida reflectida, vi tudo o que já tinha vivido e de como a vida me tinha encaminhado até àquele momento mágico. Como eu precisei de chorar, desesperar-me, sofrer para agora poder desfrutar em pleno dos momentos maravilhosos que a vida me tem oferecido. Depois olhei para trás, cruzei o olhar com o meu amor e nesse momento sublime senti uma felicidade profunda...

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Gripe A, virús H1N1 (III)

Hoje, quando vinha para o trabalho, surgiu-me uma dúvida. Alguém consegue ler os outdoors da gripe enquanto conduz? E tira daí alguma informação nova e válida? ...

Parece que os cartazes nem sairam caros já que foram elaborados pelo Ministério da Saúde e parece-me que o espaço foi cedido pelos proprietários gratuitamente. Até aí muito bem mas, na minha opinião, haveria medidas mais interessantes como por exemplo disponibilizar, em todos os serviços públicos, lenços de papel descartáveis e desinfectante para as mãos. Mas enfim, a Sra Ministra lá saberá, deve ser eu que tenho mau feitio.

sábado, 22 de agosto de 2009

Curiosidades da natureza

Este sábado andei pelo campo. Vou passar parte do fim de semana numa simpática e pacata aldeia do Ribatejo. Esta imagem foi tirada debaixo das raízes de uma árvore. Nesta rua há várias árvores que sobrevivem quase sem terra nas raízes. Impressionante força da natureza...

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

"Chegou a tua hora" de Karen Rose

Já há muito tempo que um livro não me prendia tanto. Na verdade não tenho lido muitos livros policiais nos últimos anos. Quando era miúda li todos os livros da Agatha Christie que havia na biblioteca lá da terra. Adorei este livro que me manteve acordada, e assustada, 2 ou 3 dias. A história desenrola-se à volta de incêndios urbanos associados a assassínios com requintes de malvadez acompanhados de violações. Os crimes são investigados por uma detective (Mia) da Brigada de Homícidios e ao mesmo tempo por um investigador da Brigada de Incêndios (Reed). Mesmo no meio de tanta morte e imagens devastadoras, o amor também pode surgir. Recomendo...

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Acontecimentos inacreditáveis

Uma jovem é violada por volta das 20 horas. Decide apresentar queixa. Vai à polícia. É acompanhada ao hospital para ser examinada pelo perito do Instituto de Medicina Legal. E espera, espera... até ser informada que, no mês de Agosto, o perito não faz serviço nocturno. A solução? Esperar até à manhã seguinte sem poder tomar banho, lavar os dentes ou beber água sequer, para não contaminar ou eliminar provas. É ou não é inacreditável? Como é que a tutela permite uma coisa destas e não arranja uma solução? O trauma que ela sofreu não foi suficiente?! Parece que há poucos peritos principalmente neste período de férias. É natural já que, é óbvio, que as pessoas têm que ir de férias mas não se podia arranjar maneira de estas coisas não acontecerem? É que a violência não foi de férias!

Triste

Hoje tinha pensado em contar mais alguns pormenores das minhas férias mas não consigo. Tenho o coração apertado. O mais difícil de um relacionamento é conseguirmos sentir o que o outro sente e não pensarmos só nos nossos próprios sentimentos. Não é fácil viver a dois mas é tão mais enriquecedor do que viver solitária.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

De volta ao trabalho

E para primeiro dia até não correu mal. As colegas fizeram uma recepção calorosa e alguns dos clientes "especiais" já passaram por lá. Ao fim de umas quantas horas de trabalho ainda tive força para ir às compras. Acabei o dia com uma exfoliação aos pés seguida de um creme hidratante. Os pézinhos da Stiletto agradecem...

domingo, 16 de agosto de 2009

E já se acabaram...

E com um gelado à beira mar lá se acabam as férias. Daqui por 10 horas e meia volto ao trabalho. Oh que saudades que eu já tenho das férias! Que dia duro vou ter amanhã... Lá vou eu voltar às aspirinas!

sábado, 15 de agosto de 2009

Gripe A, vírus H1N1 (II)

Facto nº1- Algumas crianças adoecem com gripe A
Facto nº2 - Uma mãe, em desespero imagino eu, terá dito: «Contagiaram a minha filha, vou contagiar as outras também»
Facto nº3 - A ministra da saúde sabe deste caso e fala dele na comunicação social bem como de casos em que pessoas com suspeita de gripe se recusam a usar máscaras. Ana Jorge chama-lhes comportamentos anti-sociais.
Facto nº4 - O Procurador Geral da República diz que os centros de saúde devem denunciar estas pessoas.
Facto nº5 - Os centros de saúde em questão dizem que não denunciam ninguém.

Na minha opinião, e em relação à mãe, parece-me que não se deve dar demasiada importância aquilo que uma mãe diz quando está desesperada porque a filha está doente. Por outro lado, os profissionais de saúde estão obrigados a sigilo profissional logo até entendo porque é que os centros de saúde não queiram denunciar ninguém. Ainda gostava é de saber, se dão assim tanta importância ao sigilo profissional como é que isto chegou à ministra e consequentemente à comunicação social. É um mistério...É óbvio que os profissionais de saúde devem alertar as pessoas para não apresentarem este tipo de comportamentos mas, se calhar, a Procuradoria Geral da República deve ter coisas mais importantes para se preocupar.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

"Marley e Eu" no avião

Já disse por aqui que viajar de avião me deixa um bocadinho ansiosa. E desta vez mais ainda por nunca ter ido tão longe. Assim tive que pensar numas estratégias para passar o tempo. Para começar levei logo dois livros na bagagem de mão mas quando me cansei de ler fiz uma pesquisa nos filmes que a companhia de avião disponibilizava. Optei por este "Marley e Eu". Adorei e comovi-me muito no final com direito a lágrima no canto do olho e tudo. Como um animal de estimação pode influenciar a vida de um casal e tornar-se num membro da família. Aconselho vivamente principalmente se gostarem de animais. A ver...

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Stiletto por terras do tio Sam







Estes últimos dias foram muito intensos... Muita coisa para ver, muito pouco tempo e mesmo assim muita coisa para contar. Um dos primeiros privilégios foi ficar, nas noites novaiorquinas num hotel na zona da Broadway. Logo no primeiro dia andei meia dúzia de metros numa das zonas mais animadas e luminosas de Nova Iorque, Times Square. Mais um esforço (estava de rastos com a diferença horária) e cheguei a Central Park ao entardecer. Um local fabuloso, parece um pedaço de campo no meio do reboliço de Manhattan. Achei extraordinário estar ali e quase não dar pela cidade, não fossem os arranha-céus aparecerem por detrás das árvores. Ao entardecer é muito giro ver pessoas a correr, andar de bicicleta, famílias que passeiam com as crianças, executivos que atravessam o parque possivelmente para irem para casa, jovens a jogar baseball... uma sorte acabar o dia assim.

Outro momento especial é estar perto das Cataratas do Niagara, ouvir e ver aquela obra da Criação, a água que dá vida mas capaz de vibrar com uma força esmagadora. É indescritível a sensação das gotícolas de água das Cataratas que nos vão caindo assim naquela zona e a magia das Cataratas iluminadas quando anoitece.
A incursão ao Canadá correu de um modo atribulado mas mesmo assim permitiu conhecer uma cidadezinha lindíssima, Niagara on the Lake, e subir à Torre de Toronto e abarcar de lá toda a cidade iluminada.
A capital parece uma cidade muito tranquila em comparação com Nova Iorque. Estive à porta do presidente Barak Obama mas, infelizmente, a Michelle Obama não teve a gentileza de me convidar para um chá...Por lá consegui visitar alguns museus como por exemplo a National Gallery onde encontrei quadros fabulosos e de molhar os pés numa fonte, o calor era insuportável.
Pelo caminho de volta a Nova Iorque, houve tempo para uma curta visita ao berço dos EUA como nação onde me comovi com a história do Sino da Liberdade (contarei noutra oportunidade).
Os últimos dias em Nova Iorque oram uma loucura. Para se conhecer Nova Iorque são precisas muitas semanas...Andei pelo Macy's, pela 5ª Avenida, pelo Rockfeller Center, vi a Estátua da Liberdade ao longe, subi ao Empire State Building mas o que eu mais gostei foi da viagem de ferry e ver o pôr do sol em Manhattan a partir do rio Hudson e depois no regresso, já de noite, olhar para as luzes de Manhattan a partir de Brooklin e atravessar a ponte Manhattan, ao som de "New York, New York" de Frank Sinatra com os olhos postos na cidade que nunca dorme.
Esta foi, sem dúvida, uma viagem especial. Dará ainda para mais uns posts...
Se tiverem curiosidade em descobrir mais imagens podem ir aqui

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Voltei...

É verdade, com grande pena minha, já estou de volta. Tanto que ficou por ver... Quando tiver ultrapassado o jetlag e conseguir fazer uma selecção, de entre as mais de 1000 imagens, publicarei as melhores e compartilharei convosco as minhas impressões desta aventura pelas terras do tio Sam. Vou só ali dormir mais um bocadinho. Até já...
E já agora quero pedir desculpa por não haver acentos no post anterior mas os teclados americanos são assim...

sábado, 8 de agosto de 2009

Directamente de Washington DC

Finalmente, depois de 3 dias sem vir ao blog, eis que encontro um computador!!!!
A viagem tem sido muito divertida e atribulada. Quando voltar espero contar tudo de modo pormenorizado. Aqui deixo uma ideia geral da pequena parte dos EUA que ja conheci, verde, verde, verde... Passei rapidamente por NYC (volto no fim da viagem), estive nas fabulosas e impressionantes cataratas do Niagara, passei um dia no Canada e amanha vou conhecer Washington. Ate agora tem valido a pena. Por enquanto so tenho saudades do cafe portugues.
Good bye. See you soon.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

FUI...


Quando este post for publicado, provavelmente, já estarei a voar em direcção à minha viagem de férias. Se conseguir aceder à net irei fazendo o relato. Seja como for, uma excelente semana de férias ou de trabalho, conforme o caso. Até...

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Happy Birthday to you, Vanity


A minha amiga Vanity, hoje, é bébé. Muitos parabéns pelos 28 anos (ai tão jovem). Não te posso oferecer uma viagem a NYC nem levar comigo (a mala já vai muito cheia lol) mas levo-te no coração e vou tentar trazer-te uma bela prenda, se não se acabarem os dólares. Acredito que os teus 28 anos te vão trazer a realização que ambicionas e, se abrires o coração, o teu príncipe encantado também surgirá. Só precisas de estar atenta porque pode estar disfarçado de sapo.

domingo, 2 de agosto de 2009

Ai, avião, aviãozinho...


Viajar é uma óptima maneira de ocupar as férias... conhecer outras paisagens, outras pessoas, outros hábitos. Adoro viajar embora ainda não tenha feito muitas viagens. O problema é o percurso para lá chegar especialmente se for de avião. Este é um meio de transporte importantíssimo porque nos permite percorrer grandes distâncias em relativamente pouco tempo mas continuo que não faz parte da nossa natureza andar lá pelo ar. Se Deus quisesse que o homem voasse tinha-lhe dado asas não é verdade? Era tão bom que um génio inventasse uma maneira de nos teletransportamos sem termos que nos meter naquela "ave" metálica. Quanto mais se aproxima o momento de eu me enfiar uma série de horas num avião mais ansiosa fico. A verdade é que é muito mais provável sofrer um acidente de viação do que de aviação e eu continuo a conduzir todos os dias. Por isso é que vou continuar a entrar no avião com a esperança que tudo correr bem e que a perícia dos pilotos me leve e me traga bem de saúde e muito mais rica de experiências.

Também poderá gostar de

Related Posts with Thumbnails