domingo, 12 de dezembro de 2010

"Saldos nos medicamentos"????

Mais uma vez a comunicação social conseguiu surpreender-me. Ontem, quando estava a jantar, ia-me engasgando quando ouvi a pivot do Jornal da Noite da SIC dizer: "As farmácias vão fazer saldos!" Ia caindo da cadeira. Chamar saldos a uma descida imposta pelo Governo é um bocadinho demais não é? Vamos lá a esclarecer umas coisinhas. Os vários intervenientes no processo foram pedindo o adiamento da aplicação da medida porque 2 semanas (prazo inicial) para escoar os medicamentos com preço antigo era intolerável. A maioria das farmácias, e os armazenistas mais ainda, tem stocks superiores a 2 semanas de receituário logo a aplicação tão imediata desta medida ia ser muito complicada e poderia levar a ruptura de stocks. Por outro lado já desde há uns meses que estamos a receber embalagens com o preço mais reduzido logo o Estado já começou a poupar. E ainda há outro prisma, se o Governo sabia que os preços teriam de aumentar em Janeiro deveria ter calculado bem esta medida para não fazerem figuras ridículas nem nos fazerem de parvos a todos. Eu bem sabia que esta história de os medicamentos não terem preço marcado não ia dar bom resultado.
No Expresso, a propósito do mesmo assunto, diz que se espera uma corrida às farmácias. É natural que as pessoas façam isso especialmente depois destas notícias. E depois acontece como o açucar, noticiam que vai faltar, as pessoas invadem os supermercados e o açucar esgota mesmo... Bom, assim se os anti-diabéticos orais esgotarem já não é tão grave, os diabéticos não podem mesmo cair em tentação já que os doces devem escassear este Natal.

6 comentários:

A. Rodrigues disse...

Bom dia. Gostei do post. Quase que me esgasguei... também! E fiz link http://inlusao.blogspot.com/2010/12/saldo-de-medicamentos.html

Cump,

maria teresa disse...

A nossa imprensa e as nossas medidas governativas continuam a surpreenderem-me. Assim vai o "estado da nação"!
Abracinho meu

guida disse...

Acho muito esquisito... :s

Dylan disse...

Boa análise, no entanto, ficou por dizer o mais importante: esta descida do PVP é enganadora porque o Governo vai cortar na respectiva comparticipação, logo, o medicamento ainda vai ficar mais caro, e para ser o fim da macacada, no início do próximo ano, o PVP vai voltar a aumentar!

stiletto disse...

A. Rodrigues

Muito obrigada por teres feito referência ao meu post no teu blogue!

Dylan,
As alterações às comparticipações só irão abranger as substâncias para as quais há genérico já que o que vai acontecer é actualização dos preços de referência. Em alteração a aumento do PVP, ainda não recebemos essa informação.

Dylan disse...

Stiletto,

Lamento dizer-lhe mas as comparticipações vão simplesmente desaparecer em medicamentos para o tratamento da insuficiência venosa.
As alterações às comparticipações já foram feitas em medicamentos para o tratamento da depressão. Neste caso, a portaria que existia foi simplesmente abolida.
Tenho a informação quase certa de que o PVP dos medicamentos vai aumentar no ínício do próximo ano. Este governo e os ministros da saúde que o acompanham, são do pior que temos visto!

Também poderá gostar de

Related Posts with Thumbnails